Física vivencial (MEC)

O Instituto Galileo Galilei para a Educação concebe, planeja, realiza e supervisiona projetos socioeducacionais

Dentre os projetos realizados, destacam-se:

I. Projeto Condigital (MCT/MEC/FNDE/IGGE) – Governo Federal do Brasil

Física vivencial: uma aventura do conhecimento (2007 – 2010)
Clique sobre a imagem abaixo para acessar o sistema.

Conheça, a seguir, o histórico completo do Projeto ‘Física vivencial, uma aventura do conhecimento’. O depoimento foi concedido pelo Prof. Dr. Cassiano Zeferino de Carvalho Neto, autor do projeto, especialmente para o Instituto Galileo Galilei para a Educação (IGGE). Acesse o histórico completofísica_vivencial_histórico.

Em 2018 o Projeto Física vivencial, uma aventura do conhecimento, completará 40 anos.

1978

INÍCIO FORMAL DAS PESQUISAS EM EDUCAÇÃO

Em 1979, quando iniciei minha carreira como professor de Física, cursando o segundo ano da faculdade, atuava em cursos supletivos noturnos. Em pouco tempo comecei a me perguntar o que tinha a ver um ‘MRU’ (Movimento Retilíneo e Uniforme), com o cotidiano de um jovem que atuava como caixa em um banco, uma dona de casa, uma diarista encarregada de fazer serviços domésticos ou uma atendente de um balcão em uma loja de tecidos.

Esse era o perfil dos meus alunos e o quê fariam, afinal de contas, com a Equação de Clapeyron, as transformações entre escalas termométricas, a Segunda Lei de Newton e por aí afora? Algo estava estranho, nesta história!

Este contexto gerou em mim uma profunda inquietação que me levou a conceber dispositivos de muito baixo custo, tão simples quanto possível, que pudessem auxiliar uma abordagem mais bem contextualizada e problematizadora da Física. Era preciso, antes de ‘dar a teoria, principalmente em formato matemático’, levar os estudantes a se envolverem com situações desafiadoras que lhes permitissem ser os protagonistas de sua aprendizagem!

E foi assim, por tentativa e erro no início e paulatinamente com uma fundamentação teórica mais ampla que passei a criar (inventar) dispositivos que pudessem ser utilizados na sala de aula mesmo fazendo daquele espaço tão tradicional um local de pesquisa, onde teoria e prática, sujeito e objeto do conhecimento pudessem se encontrar em uma grande aventura.

Durante 11 anos (1978 a 1981) foi lentamente criando e concebendo abordagens com os dispositivos que criava e que por fim foram organizados em ‘kits’, aos quais chamei de ‘Bancos para Pesquisa em Física’, abrangendo as áreas de Mecânica, Óptica, Termologia, Eletricidade e Eletromagnetismo.

Em 1981, por conta da manufatura dos Bancos para Pesquisa em Óptica nasceria a Laborciencia Tecnologia Educacional, responsável não só pela produção dos equipamentos, mas por inúmeros programas de formação profissional continuada de professores e especialistas em ensino-aprendizagem da Física.

Abaixo apresento algumas fotos que ilustram o processo de desenvolvimento dos Bancos para Pesquisa em Física.


[1] CARVALHO NETO, C. Z. Bancos para pesquisa em Física. São Paulo: Laborciencia editora, 1989 – 2016fisica_vivencial_historico

 

Em 2007 autorizei o pleno uso dos Bancos para Pesquisa em Física, para compor um conjunto de experimentos dedicados ao projeto Condigital promovido pelo Ministério da Educação (MEC), Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), Fundo para o Desenvolvimento da Educação (FNDE) com execução do Instituto Galileo Galilei para a Educação (IGGE). Com esta iniciativa foi concebida e publicada a obra ‘Física Vivencial, uma aventura do conhecimento’, contemplando, em sua totalidade, mais de 2.000 objetos educacionais digitais.

Acompanhe a apresentação a seguir.

O site oficial do projeto pode ser acessado, clicando-se diretamente no link abaixo.

FÍSICA VIVENCIAL – uma aventura do conhecimento

Utilize o campo de busca para digitar algum tema, assunto ou tópico de seu interesse, relacionado à Física. Os conteúdos atendem, aproximadamente, às últimas séries do ensino fundamental, a todo o ensino médio e tecnológico, permitindo ainda ampla utilização em programas de formação inicial ou continuada de professores de Física, Ciências e Matemática.

SITE

Para obter o download (gratuito) de todos os objetos educacionais digitais desenvolvidos para a obra ‘Física Vivencial, uma aventura do conhecimento’, acessar: http://www.fisicavivencial.pro.br/fisica-vivencial

Assista todos os audiovisuais dramatúrgicos criados para o Projeto Física vivencial, uma aventura do conhecimento.

Clique sobre a imagem abaixo.

youtube_page_2

 

Audiovisuais postados no canal Educação digital – Youtube 

01TV – ONDAS MECÂNICAS

02TV – MÚSICA É FÍSICA É CULTURA!

03TV – ONDAS ELETROMAGNÉTICAS

04TV – A ELETRICIDADE NOSSA DE CADA DIA

05TV – CIRCUITOS ELÉTRICOS

06TV – O INVISÍVEL DA ELETRICIDADE

07TV – ELETROMAGNETISMO: ENTRE IMÃS E FIOS

08TV – FÍSICA E TECNOLOGIA DO ELETROMAGNETISMO

09TV – A ÓPTICA E A REFLEXÃO DA LUZ

10TV – FÍSICA E TECNOLOGIA DA ÓPTICA

11TV – GALILEO GALILEI: UMA NOVA FÍSICA E O MUNDO CONTEMPORÂNEO

12TV – MECÂNICA: A CIÊNCIA DOS MOVIMENTOS

13TV – TRABALHO, ENERGIA E POTÊNCIA MECÂNICA

14TV – MECÂNICA: PRINCÍPIOS E LEIS DE CONSERVAÇÃO

15TV – TERMODINÂMICA E TERMOLOGIA: VISÕES DA MATÉRIA E ENERGIA

16TV – CALORIMETRIA: ENTRE O LOCAL E O GLOBAL

17TV – TERMODINÂMICA: A DIFERENÇA QUE FAZ O CALOR

18TV – MASSA E ESPAÇO-TEMPO

19TV – RELATIVIDADE: MASSA E ENERGIA

20TV – ENERGIA NUCLEAR

21TV – FÍSICA QUÂNTICA

22TV – PROCESSOS DE MEDIDA DE GRANDEZAS

23TV – INSTRUMENTAL MATEMÁTICO PARA A FÍSICA

24TV – PARA QUE SERVEM AS FÉRIAS?

Créditos dos Audiovisuais postados

Obra: Física vivencial, uma aventura do conhecimento.

Realização: MEC/MCT/FNDE/IGGE (Projeto CONDIGITAL)

Autor: CARVALHO NETO C. Z. (www.carvalhonetocz.com)

Produção: Videologia

Apoio: ACP Cultural

Licença Creative Commons: Instituto Galileo Galilei para a Educação

 

Sugestões de visita:

1) www.fisicavivencial.pro.br

2) www.carvalhonetocz.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta